Connect with us

Renato Góes mergulha no mundo de personagem vilão de ‘Mar de Sertão’

Famosos

Renato Góes mergulha no mundo de personagem vilão de ‘Mar de Sertão’


/svg+xml,%3Csvg%20xmlns=
Renato Góes no Festival de Cinema de Vassouras – Roberto Filho/Brazil News

– Continua após o anúncio –

Ainda lembrado por dar vida a Zé Leôncio no início de ‘Pantanal’, Renato Góes já está em outra sintonia. O ator já começou a trabalhar em cima do novo personagem em ‘Mar do Sertão’, novela prevista para estrear no horário das seis da Globo em agosto. A trama, que entrará no lugar de ‘Além da Ilusão’ é escrita por Mário Teixeira com direção de Allan Fitterman.

O ator, que foi conferir o Festival de Cinema  de Vassouras no último fim de semana, e falou sobre o personagem no novo folhetim. “Esse é um vilão, chama Tertulinho, filho de um coronel, feito pelo Jose de Abreu, a mãe é a Débora Bloch”, contou o ator.

Renato Góes chora durante entrevista ao lembrar de Domingos Montagner

– Continua após o anúncio –

Já em preparação para as gravações, o ator elogiou os colegas de cena. “Faço um triângulo amoroso com (os personagens de)  Sérgio Guizé e a Isadora Cruz, que é uma paraibana que tá fazendo o primeiro trabalho dela, nesse lugar da mocinha, e tá arrebentando já nas preparações, então eu to bem empolgado aí”, adiantou.

Ainda colhendo os louros de sua atuação com Zé Leôncio em ‘Pantanal’, o ator se surpreendeu com a repercussão do personagem. “Foi curto, eu não esperava toda a repercussão porque fiz tantas novelas seguidas aí, 160 capítulos… Agora eu to acompanhando mais a repercussão do que a novela porque eu to mergulhado num outro personagem e o Zé Leôncio (na primeira fase) foi de fato muito forte. Apesar de ser curtinho, eu tava três anos sem fazer nenhum trabalho na Globo, então já tinha que emendar nessa outra novela e pra isso eu precisei dar uma desligada”, destacou o ator.

– Continua após o anúncio –

Renato Góes repete aventura de ator de Pantanal dos anos 90: “Vai ficar marcado pra sempre”

Acompanhado o Festival de Cinema, o ator ainda falou da importância da arte. “Eu acho muito importante porque, primeiro pela minha ligação, como eu tinha falado, meu primeiro trabalho foi aqui (em Vassouras), em segundo porque, o pouco que eu to aqui na cidade eu vi o movimento, não só o movimente de pessoas, o movimento que foi feito, né, gastronomia. A gente parou num restaurante tinha um menu todo voltado pra um filme que está no festival. Então, eu acho que esse movimento que foi feito aqui, que fomenta não só o cinema, mas a gastronomia, e movimenta toda a cidade. Aumenta o emprego e fomenta a cultura, que tá difícil, a gente pouco tem visto nos últimos anos”, analisou.

O ator destacou, ainda, o valor da dramaturgia e demonstra carinho especial pelo cinema. “A obra aberta é uma magia, a obra fechada é outra, mas eu realmente eu tenho um carinho muito especial pelo carinho que os técnicos e profissionais do cinema tem em fazer sua arte. Então eu me identifico muito pelo carinho, pela batalha e pelo amor envolvido ali. Eu não lembro de ter visto alguém, querendo ir embora ou insatisfeito com o set de cinema, eu vejo todo mundo querendo colocar o outro nas costas, tá cansado, levanta e todo mundo sempre muito empolgado e muito feliz de estar fazendo”, pontuou.

– Continua após o anúncio –



via

Continue Reading
You may also like...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Famosos

To Top
AllEscort