Connect with us

Após cálculos, brasileiro acredita ter surfado a maior onda da história

Sem categoria

Após cálculos, brasileiro acredita ter surfado a maior onda da história


Estudo feito pelo pelo oceanógrafo Douglas Nemes sobre onda de Vinicius Santos./Arquivo pessoal

O surfista catarinense Vinicius dos Santos pode ter surfado a maior onda de todos os tempos no dia 25 de fevereiro, em Nazaré, praia portuguesa famosa por seus tubos gigantes. O atleta brasileiro recebeu nesta semana a conclusão de um estudo feito pelo oceanógrafo Douglas Nemes, especialista em mecânica das ondas, que calculou a onda surfada por ele em 29,68 metros. A medição ainda não foi oficializada.

O recorde atual pertence a outro brasileiro, o paulista Rodrigo Koxa: 24,38 metros, marca obtida em 2017, e registrada no Guinnes, o Livro dos Recordes. No feminino, a recordista é a também brasileira Maya Gabeira (22,4m, em 2020).

O surfista Vinicius dos SantosInstagram/Reprodução

Vinicius, que segue em Nazaré, recuperando-se de uma lesão sofrida após acidente em uma onda gigante, se diz orgulhoso de sua possível marca, mas prega cautela. “Nunca imaginei uma possível quebra de recorde e se vier a acontecer seria uma benção muito grande. Mas sei que o Koxa e o Garreth Mcnamara, o havaiano que detinha o recorde anterior e foi quem praticamente ‘descobriu’ Nazaré, levaram anos para chegar onde chegaram. Eu estou apenas começando.”

Vinicius dos Santos surfou a onda gigante no modalidade tow-in, na qual o surfista é rebocado até a onda por uma moto aquática, e na ocasião foi puxado pelo colega Lucas Chumbo, surfista de elite que participou do Big Brother Brasil de 2020. “Lucas Chumbo foi quem me puxou nessa onda e merece também os créditos, ele surfou essa onda comigo.”.

Continua após a publicidade

Especialista em “remada”, na qual vai sozinho em busca da onda, Vini, como é conhecido, está apenas em seu segundo ano na categoria tow-in e, aos 32 anos, visa se firmar de vez na elite das ondas gigantes.

Os cálculos serão agora submetidos a avaliações da World Surf League (WSL), a liga mundial de surfe, e do Guinness Book para que a marca seja ou não oficializada como recorde. Vinicius diz, no entanto, que seu maior desejo é voltar a participar da premiação do Big Wave Awards da WSL, da qual foi finalista no ano passado.

“Existem alguns critérios, não só o tamanho, mas também a forma como ela foi surfada, então vou esperar com paciência o resultado da WSL que nomeia e premia as ondas do Big Wave Awards. Na hora, nem pensamos no tamanho da onda, em possível recorde ou prêmio. Estamos entregues à nossa paixão e pensando em dar nosso melhor.  Foi realmente uma alegria muito grande ter surfado aquela onda.”

 

Continua após a publicidade





Source link

Continue Reading
You may also like...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Sem categoria

To Top